Posts

O papel da liderança no trabalho à distância

O home office trouxe mudanças para todos dentro das organizações e os gestores também precisaram se adaptar ao novo contexto

26.10.20 - 10H36 Por camillalima
Negociação e definição clara das metas de curto, médio e longo prazos também precisam figurar nas novas competências do líder à distância

O trabalho remoto já era uma realidade em muitas empresas brasileiras, mas para aqueles que ingressaram no novo regime por conta das restrições impostas pela chegada do coronavírus ao país, a situação completamente nova exigiu uma rápida adaptação. A brusca mudança  na dinâmica de trabalho fez com que outras tantas empresas repensassem o modelo tradicional e adotassem o home office integralmente para muito além da pandemia. Com a vantagem de não precisar se deslocar, o trabalhador ganha em tempo. Em compensação, dividir o ambiente familiar e tudo o que o cerca, pode também impactar na nova rotina. 

Porém, não só a rotina dos funcionários precisou se reorganizar, uma outra mentalidade de liderança  teve  que surgir em meio à crise para dar conta dessa supervisão à distância que exige, mais do que nunca, um papel fundamental dos líderes e gestores no que tange o gerenciar, motivar, dar suporte e manter o maior nível de produtividade possível de suas equipes. Dentre as competências dos gestores nesse novo modelo de trabalho, compreender  que uma organização é um sistema  humano constituído de partes interdependentes está no escopo desta lista. Conversamos com Estevam Tomaz,  mestre em administração, para saber quais devem ser as características do líder em tempos de trabalho à distância e quais são as novas competências exigidas no contexto atual.

Empreender: Qual o papel da liderança nesse novo modelo de trabalho?

Estevam Tomaz: A liderança é aquela que identifica e potencializa os recursos e as pessoas para atender as necessidades de cada público. Ele precisa definir claramente uma visão, quais as estratégias necessárias e como executá-las para chegar lá. Além de executar estratégias, ele precisam ainda coordenar os processos gerenciais com medição e acompanhamento de indicadores críticos e promoção dos ajustes necessários para que os resultados penejados sejam alcançados.    É preciso ainda, potencializar os talentos das pessoas da equipe estimulando o alto desempenho, proporcionando autonomia para a solução de problemas/conflitos e desenvolvimento de suas carreiras.

Empreender: Como manter as equipes equilibradas mesmo à distância?

Estevam Tomaz: Gerando confiança. Liderar pela pedagogia do exemplo demonstrando caráter e transferindo competência. Reconhecimento das potencialidades e fraquezas, transparência nas relações, equilíbrio na tomada de decisão e aplicação de princípios e valores na realização dos negócios. Tratar os colaboradores como pessoas (não como recursos humano) com todas as suas capacidades e potencialidades, mas também com suas fragilidades e apreensões. 

Empreender: Quais os desafios da gestão remota para os gestores?

Estevam Tomaz: Para aqueles que tiveram o trabalho remoto como um imposição do isolamento social em decorrência da COVID-19, um grande desafio é reduzir os impactos do distanciamento pela conexão digital. Para isso é preciso estabelecimento claro das atribuições a serem realizadas pela descrição dos cargos nas organizações. Criação de efetivas metodologias de acompanhamento e gestão. E ainda manter a equipe motivada para o trabalho.

Empreender: Como mediar conflitos?

Estevam Tomaz: Os conflitos fazem parte da convivência humana e decorrem das diferentes percepções que temos sobre os fatos da vida cotidiana. Como indivíduos, possuímos um conjunto de valores, crenças, experiências, personalidade que nos faz únicos. Todas as vezes em que somos ameaçados, contrariados ou desafiados desencadeamos uma reação emocional. De acordo com o prefessor Gonzaga Ferreira, o caminho é a negociação cognitiva e não primal:

  • Pessoas: separe as pessoas do problema.
  • Interesses: concentre-se nos interesses, não nas posições.
  • Opções: crie uma variedade de possibilidades antes de decidir o que fazer.
  • Critérios: insista para que o resultado tenha por base algum padrão objetivo.

Empreender: Qual a dica que você deixa para os líderes facilitar essa nova gestão?

Estevam Tomaz: Avalie realmente se o trabalhador remoto dispõe das condições adequadas para realização do trabalho; Verifique se a atividade é compatível com a modalidade remota, cheque se o trabalhador remoto está devidamente capacitado para realizar o trabalho. Estabeleça claramente as atividades a serem realizadas e as entregas esperadas (padrão de qualidade, prazo, indicadores, forma de acompanhamento). Disponha em sistemática de prestação de contas (diária ou semanal) e mantenha os registros atualizados e visíveis aos trabalhadores e gestores visando mais precisão na avaliação de desempenho. 

EMPREENDER 2020

Leia mais noticias sobre Empreendedorismo clicando aqui .
O projeto EMPREENDER 2020 traz um curso de extensão, totalmente gratuito, “Empreender em tempos de crise: Gestão e Liderança”, para quem deseja alavancar seu negócio ou para quem quer começar um novo negócio. Inscreva-se aqui 

Notícias Relacionadas