Posts

Plano de negócios, o que é e por que ele é tão importante

O documento pode ser o fator determinante para a sobrevivência de seu negócio

10.12.20 - 08H57 Por camillalima
Modelo Canvas para seu plano de negócios

Falta de planejamento, capacitação e gestão são as principais causas de mortalidade das empresas. Na esmagadora maioria dos casos, o dono da empresa que não sobrevive abriu por necessidade ou  por que estava desempregado ou ainda abriu por exigência [formal] do cliente ou fornecedor. PLANEJAMENTO precisa estar no item número 1 da lista de prioridades de quem está pensando em empreender. Ele precisa ainda ser um documento obrigatório durante toda a vida do empreendimento, para ser consultado e até mesmo reavaliado para alcançar novos resultados. Traçar um plano de negócios bem estruturado é fundamental para evitar percalços e imprevistos, que poderão fazer o empreendimento desmoronar antes mesmo de comemorar um ano de existência. 

Um plano de negócios é um documento que descreve por escrito os objetivos de um negócio e quais passos devem ser dados para que esses objetivos sejam alcançados, diminuindo os riscos e as incertezas. O documento permite identificar e restringir os possíveis erros no papel, evitando assim cometê-los no mercado. Com ele é possível analisar um panorama geral e responder às perguntas: vale a pena abrir, manter ou ampliar o meu negócio? 

“A gente acha que colocar uma coisa no papel, tentar pensar nos caminhos que podem ser seguidos, nas alternativas e antecipar algumas delas é perder tempo. A gente acha que é burocracia, que é bobagem, o melhor mesmo é colocar a mão na massa. E o planejamento é tirar a gente desse tipo de sintonia, com o mundo prático demais, e colocar a gente em sintonia com o mundo de cenários”, pontua Felipe Cruz. O articulador de Gestão Estratégica do Sebrae/CE reitera ainda que “a importância de um plano de negócios é fazer com que a gente consiga, botando uma ideia no papel, entender certas fragilidades ou certas oportunidades que as vezes quando essa ideia tá lá toda montadinha dentro da nossa cabeça, termina não aparecendo com tanta facilidade”.

O plano de negócio proporciona aos empreendedores  uma ferramenta eficiente para organizar as ideias para iniciar ou expandir o negócio e apoiar a gestão, além de trazer a confiança necessária para desenvolver  ações conjuntas  com parceiros estratégicos. A seguir listamos os principais motivos pelos quais você precisa elaborar agora o seu plano de negócios:

  • Facilita a obtenção de recursos junto a bancos e investidores ao demonstrar a viabilidade financeira da empresa;
  • Permite negociar crédito de compraas e formas de pagamento com fornecededores;
  • Consolida a imagem da empresa diantes dos principais clientes ao divulgar e vender os benefícios dos produtos e serviços;
  • Melhora a comunicação interna e gera comprometimento ao esclarecer para os empregados seu papel na empresa.

Mas o que precisa conter neste documento para que ele seja eficiente no seu propósito? O Felipe explica, que um bom plano de negócios é aquele que consegue trazer clareza para que o empreendedor consiga entender o que é que ele vai entregar para seu cliente, não somente na relação material do produto ou do serviço, mas em relação ao valor, como que ele vai entregar, de que modo que ele vai conseguir fazer com que essa entrega seja integra, constante. Quem são as pessoas que estarão envolvidas nesse processo e quais são os detalhes que precisam de maior atenção como critério de sobrevivência e sustentabilidade dessa ideia: “o bom plano é aquele que consegue colocar isso de forma simples e clara. Por isso que antes de montar um plano gigante, muito estruturado, é importante que a ideia de negócio, o modelo de negócio esteja bem desenhado dentro de uma estrutura mais prática, como por exemplo o Canvas”.  

Canvas é, digamos assim, a versão menor do plano, mas nem por isso menos eficiente. Metodologia proposta por Alexander Osterwalder, o Business  Model Canvas, ou quadro de negócios, tem como objetivo reunir de maneira visual a estratégia de sua empresa. Um Canvas bem feito é capaz de responder as seguintes perguntas: 

  • O que é o seu negócio?
  • Para quem é o seu negócio?
  • Como fará isso? 
  • Quanto custa?
  • Quanto você vai receber por isso?

Quer saber mais sobre os modelos de plano de negócio para decidir se vai apostar no completão ou no Canvas? Ouça AGORA este –>podcast<–, lá o Felipe Melo explica tudinho, tim tim por tim tim. 

Notícias Relacionadas